segunda-feira, 9 de novembro de 2009

.implicações

Uma das piores implicações de ter um blog é que quase sempre tem alguém que interpreta mal o que se ler... e cobrem com suas próprias conjecturas e experiências tudo o que você disse de forma obscura...

Mas afinal, quem em san consciência diria algo de forma clara e direta? Foi se o tempo que Blog era escape... hoje em dia é melhor sufocar e morrer com suas idéias diferentes das habituais...

Eu estou longe de está deprimida, ao contrário, estou mais sóbria e racional do gostaria... ¬¬
O que eu quis dizer é que estou deixando pra traz o que me incomoda e seguindo com a minha vida, com o meu romance, com os meus escritos, as minhas crônicas [cansei da poesia], com o meu café forte, com as corridas matinais, com as minhas fugas e festas e viajens de edição...

Mas valeu, boa maneira de amanhecer... obrigada!!!

domingo, 8 de novembro de 2009

desconstrução reincidente...


- Eis me aqui outra vez com desabafos dos quais em san consciência irei me arrepender depois... mas por hora... deixa está...
- Outro dia falava com um amigo sobre o quanto as experiências moldam a gente... a lei da vida é mudar... aprender com o que já passou... eu nunca levo pouco das situações pelas quais eu passo... tem gente que acha fácil mas prefiro guardar algumas das mais desconfortáveis situações na ilusória intenção de não errar ou não me deixar cair no futuro... mas nem sempre dá certo... Passei um tempão tentando me concentrar em não me deixar subir as alturas novamente, mas acabei em uma desconstrução interna que não percebi... quando me dei conta eu estava mais alto do que deveria... alegria frenética... bem está... satisfação... amor? [eis aqui a dúvida que me perturba novamente - só se tem certeza do que se sente - eu sinto]... e eu me deixei despertar de mim para o que eu estava evitando... e quando estava bem lá no alto me senti cair [de novo] - agora estou suspensa entre as nuvens e o chão... e por hora não consigo cair e nem me reerguer...

O jeito é me desejar FELIZ ANO NOVO
- e mudar... já que essa é lei...